Experiência do usuário em jogos digitais móveis sob a perspectiva da arquitetura da informação estudo de caso no jogo Free Fire

From Wikincat
Jump to navigation Jump to search




Título principal
Experiência do usuário em jogos digitais móveis sob a perspectiva da arquitetura da informação [recurso eletrônico] : estudo de caso no jogo Free Fire / Rafaela Mariana da Silva ; orientador, Edgar Bisset Alvarez.
Criado em
2022.

Descrição física
103 p. : il., gráfs.
Nota
Disponível somente em versão on-line.
Dissertação (mestrado) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, e Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2022.
Inclui índice e referências.
[Versão integral em pdf https://bu.ufsc.br/teses/PCIN0306-D.pdf]
A pesquisa visa analisar a experiência de usuários em jogos de celular sob a perspectiva da arquitetura da informação (AI). O principal objetivo é analisar de qual forma os princípios e heurísticas da arquitetura da informação estão presentes nas percepções de experiência dos usuários do jogo Free Fire®. Para isso, é realizada analise dos principais aspectos teóricos relacionados à experiência do usuário, princípios e heurísticas da arquitetura da informação, identifica-se no Free Fire como se apresentam esses princípios e heurísticas da AI, analisa-se as percepções dos usuários, e por fim são apontados quais princípios e heurísticas tem o potencial de melhorar a experiência do usuário no Free Fire. A metodologia utilizada foi pesquisa exploratória, descritiva e aplicada. A revisão bibliográfica dos conceitos visa proporcionar uma visão geral da área, sendo possível estabelecer relações entre estes. Como resultado, as heurísticas para um ambiente pervasivo, propostas por Resmini e Rosati (2011), que menos se mostraram presentes no jogo são: resiliência, consistência e redução. Dentre os princípios da arquitetura da informação, propostos por Morville e Rosenfeld (2002), a navegação é o que menos os usuários sentem presente no jogo. Através desta pesquisa concluiu-se que é relevante a aplicação de um instrumento de coleta de dados embasado em arquitetura da informação, possibilitando a avaliação de percepções dos usuários.

Abstract: This research aims to analyze user experience in mobile games from an information architecture (IA) perspective. The main objective is to analyze how the principles and heuristics of information architecture are present in the perceptions of user experience of the game Free Fire®. For this, it is performed an analysis of the main theoretical aspects related to user experience, principles and heuristics of information architecture, it is identified in Free Fire how these principles and heuristics of IA are presented, it is analyzed the perceptions of users, and finally it is pointed which principles and heuristics have the potential to improve the user experience in Free Fire. The methodology used was exploratory, descriptive, and applied research. The bibliographic review of the concepts aims to provide an overview of the area, making it possible to establish relationships between them. As a result, the heuristics for a pervasive environment, proposed by Resmini and Rosati (2011), that were least present in the game are: resilience, consistency and reduction. Among the principles of information architecture, proposed by Morville and Rosenfeld (2002), navigation is the one that users feel least present in the game. Through this research it was concluded that it is relevant the application of a data collection instrument based on information architecture, enabling the evaluation of user perceptions.





















Campo Ind1 Ind2 Dados
Líder 04282nam a2200313 a 4500
001 - Número de controle B000035
003 - Identificador do número de controle BR-FlWIK
005 - Data e hora da última transação 20221110172932.0
008 - Informações gerais 221104s2022    scba   g m    001 0 por d















040 - Fonte da catalogação # # $aBR-FlWIK
$bpor
$cBR-FlWIK
$dBR-FlUSC
080 - Número na Classificação Decimal Universal (CDU) # # $a2
090 - Número de chamada local (etiqueta) # # $aCETD
$bUFSC
$cPCIN
$d0306
100 - Ponto de acesso principal - Nome pessoal 1 # $aSilva, Rafaela Mariana da
245 - Indicação de título 1 0 $aExperiência do usuário em jogos digitais móveis sob a perspectiva da arquitetura da informação
$h[recurso eletrônico] :
$bestudo de caso no jogo Free Fire /
$cRafaela Mariana da Silva ; orientador, Edgar Bisset Alvarez.
260 - Publicação, distribuição, etc. (Imprenta) # # $a2022.
300 - Descrição física # # $a103 p. :
$bil., gráfs.
500 - Nota geral # # $aDisponível somente em versão on-line.
502 - Nota de dissertação # # $aDissertação (mestrado) - Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, e Pós-Graduação em Ciência da Informação, Florianópolis, 2022.
504 - Nota de bibliografia, etc. # # $aInclui índice e referências.
520 - Resumo, etc. 0 8 $aA pesquisa visa analisar a experiência de usuários em jogos de celular sob a perspectiva da arquitetura da informação (AI). O principal objetivo é analisar de qual forma os princípios e heurísticas da arquitetura da informação estão presentes nas percepções de experiência dos usuários do jogo Free Fire®. Para isso, é realizada analise dos principais aspectos teóricos relacionados à experiência do usuário, princípios e heurísticas da arquitetura da informação, identifica-se no Free Fire como se apresentam esses princípios e heurísticas da AI, analisa-se as percepções dos usuários, e por fim são apontados quais princípios e heurísticas tem o potencial de melhorar a experiência do usuário no Free Fire. A metodologia utilizada foi pesquisa exploratória, descritiva e aplicada. A revisão bibliográfica dos conceitos visa proporcionar uma visão geral da área, sendo possível estabelecer relações entre estes. Como resultado, as heurísticas para um ambiente pervasivo, propostas por Resmini e Rosati (2011), que menos se mostraram presentes no jogo são: resiliência, consistência e redução. Dentre os princípios da arquitetura da informação, propostos por Morville e Rosenfeld (2002), a navegação é o que menos os usuários sentem presente no jogo. Através desta pesquisa concluiu-se que é relevante a aplicação de um instrumento de coleta de dados embasado em arquitetura da informação, possibilitando a avaliação de percepções dos usuários.
520 - Resumo, etc. 0 8 $aAbstract: This research aims to analyze user experience in mobile games from an information architecture (IA) perspective. The main objective is to analyze how the principles and heuristics of information architecture are present in the perceptions of user experience of the game Free Fire®. For this, it is performed an analysis of the main theoretical aspects related to user experience, principles and heuristics of information architecture, it is identified in Free Fire how these principles and heuristics of IA are presented, it is analyzed the perceptions of users, and finally it is pointed which principles and heuristics have the potential to improve the user experience in Free Fire. The methodology used was exploratory, descriptive, and applied research. The bibliographic review of the concepts aims to provide an overview of the area, making it possible to establish relationships between them. As a result, the heuristics for a pervasive environment, proposed by Resmini and Rosati (2011), that were least present in the game are: resilience, consistency and reduction. Among the principles of information architecture, proposed by Morville and Rosenfeld (2002), navigation is the one that users feel least present in the game. Through this research it was concluded that it is relevant the application of a data collection instrument based on information architecture, enabling the evaluation of user perceptions.
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 0 4 $aCiência da informação
$0(BN)000117683
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 0 4 $aExperiência do usuário
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 0 4 $aJogos digitais
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 0 4 $aArquitetura da informação
650 - Ponto de acesso secundário de assunto - Termo tópico 0 4 $aFree Fire
700 - Ponto de acesso secundário - Nome pessoal 1 # $aAlvarez, Edgar Bisset
710 - Ponto de acesso secundário - Entidade coletiva 2 # $aUniversidade Federal de Santa Catarina.
$bPrograma de Pós-Graduação em Ciência da Informação
856 - Localização e acesso eletrônicos 4 # $zVersão integral em pdf
$uhttps://bu.ufsc.br/teses/PCIN0306-D.pdf